terça-feira, 10 de janeiro de 2012

2012

Depois de um longo período longe daqui, estou de volta!
Porém sem esmaltes pois depois dessas posticinhas minhas unhas ficaram um caco de verdade, no Natal nem conseguí fazer a no ano novo coloquei o Tapete Vermelho da Colorama na mão e branquinho básico nos pés.
Esse ano novo estou cheia de boas expectativas e pra começar bem deixo aqui esse textinho que recebí de um colega que a muito tempo não vejo.


Os MAIS santos e os MENOS santos
 
Chegou a hora dos mais piedosos e os mais santos contaram aos menos piedosos e aos menos santos que, se eles são de fato assim, é unicamente por causa da graça, pois eles também têm os mesmos ou maiores embaraços que os demais. Chegou a hora de os mais piedosos e os mais santos terem a coragem de proclamar bem alto: “Nós somos apenas serem humanos, como vocês” (Atos14:15). Chegou a hora de os que entrevistam  os mais piedosos e os mais santos, e escrevem a biografia deles, afirmarem sem o menor receio, como a Bíblia faz, que o formidável profeta Elias “era um ser humano como nós” (Tiago 5:17).
Já passou da hora de os mais piedosos e os mais santos revelarem que eles não têm uma santidade inata nem fácil. Potencialmente eles também têm inveja, raiva, olhos adúlteros, vontade de aparecer, desejos pecaminosos, momentos de desanimo, crises de depressão e talvez tenham até problemas na área da homossexualidade. Se eles de fato são mais piedosos e mais santos do que o cristão comum que aspira Sr piedoso e santo, é porque levam a sério o que Jesus disse: “Se alguém quiser acompanha-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Marcos 8:34).
Os mais santos e os menos santos estão em um mesmo nível quanto à natureza caída, quanto à necessidade de perdão e quanto à fraqueza frente à tentação. Estes e aqueles são, ao mesmo tempo, atraídos por Deus e pelo mal. Ambos são tentados pela carne, pelo mundo e pelo diabo. O primeiro não é nenhum gigante e o segundo, nenhum pigmeu.
A diferença na é essa, mas está no fato de que os mais santos consideram-se mortos para o pecado e o conseguem com o auxilio de Jesus. O Senhor ainda diz: “Quem está unido comigo [a Videira] e eu com ele, esse dá muito fruto porque sem mim vocês não podem fazer nada’ (João 15:5).
Já os menos santos ainda estão engatinhando e escorregando por todo lado.
Em qualquer momento os menos santos podem entrar na fileira dos mais santos e os mais santos, se não tomarem cuidado (1 Coríntios 10:12)
Chegou a hora de tirar a roupa e mostrar a nudez natural, que começou no Éden e que o anjo da igreja de Laodiceia ignorava ou escondia (Apocalipse 3:18). Para o bem de todos – dos agora mais piedosos e mais santos (para intensificar neles o sentimento de humildade) e dos agora menos piedosos e menos santos (para arrancar deles o sentimento de fracasso).
 
(Fonte: Revista Ultimato – janeiro/fevereiro 2012 – ano XLV nº 334 - pág. 3)